abril 07 2021 0Comentário

4 motivos para investir em imóveis

Suponha que você tenha algo que valorizou nos últimos anos, e você venda por um preço bem maior do que pagou. Entre a compra e a venda, ainda pode receber um valor mensal por tê-lo alugado. Para quem investe em imóveis, esse cenário é bem comum.

Além do risco de compra de imóveis ser bem controlado e para muitos ser considerado como baixo, o investimento nesse setor é um dos que mais cresce por ser o ramo imobiliário o primeiro e mais básico para o crescimento e desenvolvimento de um país. Programas habitacionais são criados a fim de fazer a economia girar devido à grande cadeia de empresas e indústrias envolvidas no processo. De certa forma, pode-se considerar o investimento em imóvel algo seguro e propenso a boa rentabilidade.

Abaixo listamos mais alguns motivos para se investir em imóveis:

 

Aluguel como fonte confiável de renda

O aluguel de imóvel é algo que tem crescido nos últimos anos como uma tendência de alguma classes sociais não procurarem ter um parcelamento de longo prazo para pagamento e ter um local onde morar. Ou seja, há um grande mercado para locação disponível, o que exige uma grande quantidade de imóveis a serem oferecidos.

Muitas imobiliárias de imóveis tem buscado facilitar o aluguel ao máximo, com assinatura de contrato em formato digital, apresentação online do imóvel, contrato sem avalista e/ou negociação facilitada. Tudo para fazer com que locatário e locador tenham segurança em todo o processo a fim de cada um se beneficiar de suas partes.

 

Demanda e valorização constantes

Com a lei da oferta e demanda, os imóveis já existentes tendem a se valorizar naturalmente, acima da inflação. Mas o investidor não precisa ficar refém da flutuação dos preços na perspectiva macroeconômica do país. Os imóveis se valorizam segundo outros critérios, como a região em que está localizado, o projeto arquitetônico e o crescimento da cidade.

Por exemplo, digamos que exista um bairro em desenvolvimento, para onde sua cidade está se expandindo. Conforme os meses passam, melhoram-se a infraestrutura e aumentam as opções de comércio e serviço na região. No mesmo ritmo, mais pessoas procuram imóveis por ali e assim a valorização acompanha essa tendência.

 

Compra de imóvel na planta

Outra situação em que o bem passa por uma valorização acentuada é quando ele é comprado na planta. Durante o processo de construção, o valor cobrado pela construtora ou incorporadora é o INCC ou o CUB. Estas são correções monetárias de valor acumulativo que podem ser muito menores do que os juros cobrados por parcelamento após a entrega do imóvel, o que viabiliza o investimento ao longo da obra.

Outro fator de valorização é a certeza do comprador do imóvel pronto. Este poderá pegar as chaves do imóvel dentro de poucos dias após a compra, sem precisar ter a espera da construção. Este é um fator muito importante para muitas pessoas e assim elas tendem a pagar um valor maior por um imóvel pronto do que um em construção.

 

Valorização maior que outras fontes de investimento

É comum o brasileiro deixar o seu dinheiro suado na poupança e não há nada de errado com isso. Mas quem está acostumado a investir em imóvel sabe que a valorização é muito maior e também com uma boa segurança. Por exemplo: os 100 reais que você tem hoje na carteira podem virar 102 reais na poupança após 1 ano, mas podem virar 110 reais em um imóvel no mesmo período. E o imóvel pode ser vendido por um preço maior no final do período de construção ou desejado e assim o valor investido traz um retorno ainda maior.

 

Ficou convencido de que imóvel é boa opção de investimento? Então siga os seguintes conselhos:

-Procure localizações com tendência à valorização

-Imóveis na planta se valorizam de forma acentuada após prontos

-Imóveis bem cuidados são mais atrativos para locação

vitor

Envie um comentário